segunda-feira, 1 de maio de 2017

Lua



O marulho sussurrando
meu ouvido;
O vento beijando
minha face;
O frio abraçando
meu corpo;
O prazer envolvendo
todo meu íntimo
chegando até o mais
alto prazer.
Foi olhar aquela lua
tão linda, tão pura
que fria e nua
fez-me estremecer.

Eloisia Serafim Bezerra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como boneca de louça

Olho todos a minha volta nada sabem do meu ser e o que mais me revolta é que fingem não me ver. Busco falar com as portas com as jan...