segunda-feira, 1 de maio de 2017

Como boneca de louça



Olho todos a minha volta
nada sabem do meu ser
e o que mais me revolta
é que fingem não me ver.

Busco falar com as portas
com as janela talvez
mas não escuto respostas
uma única só vez.

Por isso eu desabafo
fazendo alguns rabiscos
pra solidão amansar
choro, escrevo, me arrisco.

Quem sabe eu encontre alguém
e um dia este me ouça
e e u deixe de ser como outrora
uma boneca de louça.

Eloisia Serafim Bezerra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como boneca de louça

Olho todos a minha volta nada sabem do meu ser e o que mais me revolta é que fingem não me ver. Busco falar com as portas com as jan...