Pular para o conteúdo principal

Símbolo de vida




Esse pequeno botão de rosa singelo e frágil foi e é capaz de resistir às diversidades. Assim é
nossa vida. Meses atrás esse pezinho de rosa era um vaso cheio de rosetas. Com o passar dos dias as rosas murcharam, suas folhas secaram, restando somente pequenos gravetos. Obviamente, foi desprezada. Não havia mais beleza, nem encanto. Entretanto, suas raízes estavam lá, firmes, se alimentando da brisa, da água da chuva, dos raios solares e da natural necessidade de florescer. Foi então, que num desses dias que você está em casa e quer se dedicar as sua casa, seu quintal, suas plantas, que eu me surpreendi. Surpreendi-me com as folhas verdinhas e esse pequeno botão. Resolvi fazer uma homenagem a essa pequenina, pois, observando-a refleti sobre nossa breve existência aqui na terra e o quanto devemos cultivar, adubar nossos sentimentos diante da vida. Vida esta, que as vezes nos deixa murchos, sem vontade de viver, que as vezes nos secamos por dentro com mágoas e coisas insignificantes. Mas, a natureza é tão esplendorosa que nos rega com o amor, com a simplicidade, com a amizade, com as coisas puras que encontramos em outros seres que igualmente a nós sente a necessidade de viver e de ser feliz. Por isso minha rozita querida, e aos meus amigos eu os homenageio hoje. Reconheço que feliz e grata estou por viver e ter amigos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABANDONO

Aqueles dias para mim
foram somente de tortura
vagando pelas ruas
totalmente imatura.

Não havia ninguém
que pudesse me apoiar
só havia, porém
o mar, o sol a me confortar.

Lamentava meu destino
triste a soluçar
conversava com o vento
para aliviar meu penar.

Não tinha ninguém na vida
eu era um cão sem dono
hoje dou graças a Deus
ter superado o abandono.

Sorriso de Criança

Deus ao criar o mundo
e tudo que nele há
criou o homem e a mulher
deixando um vazio no ar.

Faltando a doce inocência
em forma de arcanjo
simplicidade de uma hortênsia
pureza de um anjo.

Criou, então, a criança
de rosto doce e risonho
ao mundo uma esperança
à maldade, um escudo
se não fosse
o sorriso de criança
não haveria alegria nesse mundo.

Eloisia Serafim Bezerra

Pintor Pino Daeni

Os sentimentos norteiam nossa vida e a sensibilidade norteia Sentimentos.Alvaro Granha Loregian