sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A VERDADEIRA GUERRA

A guerra que vejo
não está nas armas
porque elas não expressam
sentimentos;
A guerra está no coração
daqueles cujo amor
não floresceu.
A guerra não está
na bomba atômica;
mas na alma
daqueles em que o ódio
os cobre como um manto.
A guerra não está na miséria física
ou econômica;
mas no espírito fraco
e pobre de amor.



PALIATIVOS


As feridas
que as mágoas causam
nem sempre saram
apenas são usados
paliativos que acalmam.

Paliativos representados
por palavras e diálogos
as vezes pouco análogos
que mesmo sem querer
como tentativa são usados.

Mesmo assim graças a eles
se pode continuar a viver
e com os bons paliativos
podemos sobreviver.

01/08/10




VENTOS D'ALMA

Ventos que uivam
rondando meus ouvidos
parecem dizer
segredos proibidos.

Esses ventos vêm de longe
lá de dentro da alma
formando ciclones
que aos poucos se espalham.

Ventos ferozes
que rugem como leões
Ventos nervosos
que fogem dos grilhões.

E o meu corpo já cansado
espera apenas que os ventos
se espalhem para bem longe
junto com eles meus lamentos.


29/07/10

INFÂNCIA



Infância querida
como é bom lembrar
das brincadeiras na praça
dos cochichos inocentes
dos sorrisos perdidos
na mente da gente
as palmadas da mãe
os choros consequentes
lágrimas contidas na lembranças
e dos sonhos adolescentes.


Como boneca de louça

Olho todos a minha volta nada sabem do meu ser e o que mais me revolta é que fingem não me ver. Busco falar com as portas com as jan...